Lã em Portugal

19 Mar

Hoje em dia, as empresas portuguesas de lanifícios apresentam-se como modernas e competitivas, dado que aliam a experiência da manufactura tradicional de lã com tecnologias actuais.

A Qualidade, o Design e a Inovação são as apostas de empresas de lanifícios como a BUREL Factory, por exemplo. Os Lanifícios portugueses apresentam-se igualmente como importantes fornecedores de tecidos das empresas de confecção e de fios para a indústria de malhas e têxtil lar.

As empresas de lanifícios portuguesas são hoje internacionalmente reconhecidas pelos seus níveis de Qualidade, Design e Serviço, exportando para todo o mundo 85% da sua produção.

 

O que existe em Portugal

Beiroa 

Os novelos de lã Beiroa são feitos da lã das ovelhas da Serra da Estrela, as mesmas de cujo leite se faz o famoso queijo. Não tem tratamentos químicos nem foi tingida, para se manter o mais próxima possível da origem. Rótulo desenhado por Pedro Serpa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

BUREL Factory

A Burel Factory está sediada em Manteigas, na Serra da Estrela.

O burel é um tecido artesanal português, 100% lã, de alta qualidade e resistência que provêm do seu processo de fabrico. Antigamente, este material era bastante usado em peças domésticas (por exemplo, as típicas capas dos pastores).

A Burel Factory pegou nesse património único e adaptou-o aos tempos de hoje, revitalizando o valor das nossas riquezas tradicionais, reinventando-as de forma dinâmica e inovadora. Para além de pegarem num produto típico português, tiveram preocupação em dar trabalho às pessoas da Serra que anteriormente trabalharam com o mesmo material e, simultaneamente, deram oportunidade a jovens artistas portugueses como Sara Lamúrias, Gonçalo Campos, entre outros.

Assim, aliaram este saber antigo a um design inovador, relevante e surpreendente. Na fábrica de lanifícios da vila de Manteigas, costureiras experientes trabalham o burel, transformando-o em peças únicas e originais que demonstram a versatilidade do burel e a qualidade do produto português.

“Acreditamos em recriar o passado, tornando-o presente para ser sempre o agora.” 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

TEXWOOL

A Texwool é uma empresa que nasceu com propósito de oferecer uma moda têxtil a par com as tendências internacionais que respondesse eficazmente às exigências do mercado. Dedica- se ao fabrico de tecidos penteados e cardados para vestuário exterior de Homem e Senhora. As suas colecções são projectadas por uma equipa de designers que procuram novas soluções que satisfaçam o mercado. A Texwool visa olhar para o futuro com olhos do presente, de forma a responder da melhor maneira possível às necessidades dos clientes e parceiros, tanto ao nível dos produtos como dos serviços, defendendo valores como a inovação, a qualidade, o design, o compromisso e a tecnologia.

Cardados

Os tecidos cardados são aqueles onde a carda é submetida a uma série de operações para que, lentamente, sejam abertos e separados os flocos da lã, até se poder chegar à separação das fibras uma a uma. Estas operações permitem ainda a limpeza de impurezas nas lã e dispor as fibras de forma a serem convertidas numa mecha.

Penteados

Os tecidos penteados são o resultado de um longo processo de fiação, onde o objectivo principal é conseguir um avançado grau de orientação das fibras, proporcionando fios com um título bastante mais fino que nos tecidos cardados.

 

Artesanato de Burel e Lã

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aplicações em Feltro

Muito típicas de Nisa, as aplicações em feltro constituem uma das mais antigas formas de bordar, muito associada aos centros produtores de lã. Estão presentes nos tradicionais cobertores de faixa, nas saias de camilha, nos centros de mesa, mas também nas pegas de cozinha, em casacos, capas e cortinados.

Podendo ser executadas à mão, é também comum utilizar-se a máquina de costura para a sua confecção: alinhavam-se duas partes de feltro de cores diferentes sobrepostas com o papel vegetal, onde se encontra o desenho, recorta-se cuidadosamente o tecido à volta do ponto e obtém-se uma peça revestida de relevo. Os motivos mais frequentes dos desenhos são as flores, as parras, todo o tipo de folhas, cachos de uvas e outros relativos à flora local.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: